Com três gols em três jogos, Pablo comemora atual momento e foca em duelo contra o São Paulo

16/04/2018 - Imprensa CAP
Crédito: Miguel Locatelli/ Site oficial
O atacante Pablo foi titular nas últimas três partidas da equipe principal do Atlético Paranaense. E o jogador não decepcionou. O camisa 92 do Rubro-Negro marcou um gol em cada jogo, ajudando o Furacão nas vitórias sobre São Paulo [Copa do Brasil], Newell’s Old Boys [Conmebol Sul-Americana] e Chapecoense [Campeonato Brasileiro].
 
Com o bom aproveitamento, Pablo se tornou o segundo principal artilheiro do atual elenco, com 18 gols marcados pelo Rubro-Negro. O líder no quesito é o atacante Ederson, que já balançou as redes adversárias 43 vezes no Furacão.
 
“Eu só tenho a agradecer ao Clube e ao Fernando Diniz, que sempre confiaram no potencial, e aos meus companheiros, que me ajudaram nos momentos difíceis que passei em 2017”, destacou Pablo. “Estou muito feliz pelos gols e com confiança. Foram três gols em três jogos importantes. Espero continuar marcando”, acrescentou.
 
Nos últimos dois jogos, Pablo atuou em funções diferentes no ataque atleticano. “O Fernando Diniz sabe as posições em que eu posso jogar e já conversou comigo sobre isso. Então, estou feliz com a confiança que ele me passa e com a maneira que a equipe joga, que facilita para todos os jogadores”, disse.
 
O triunfo sobre a Chapecoense, no domingo (15), foi o quarto consecutivo do Rubro-Negro na temporada. “A gente vem de várias decisões, em jogos fundamentais para o Clube. Mas pudemos demonstrar um bom nível técnico. Então, temos que continuar com essa dedicação, para seguir evoluindo”, afirmou Pablo.
 
O próximo duelo rubro-negro será pela Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (19), às 19h15, o Atlético Paranaense enfrenta o São Paulo, no Morumbi, pela partida de volta da quarta fase da competição. Como venceu por 2 a 1, em Curitiba, a equipe precisa de um empate para avançar às oitavas de final.
 
“Mesmo com a vantagem, não podemos abrir mão de nosso estilo, porque treinamos assim. Estamos há mais de três meses trabalhando desta maneira e precisamos impor nosso jogo e nosso ritmo, mesmo estando fora de casa e com uma pequena vantagem”, concluiu o atacante.