Com participação em três gols, Carleto destaca crescimento da equipe

15/04/2018 - Imprensa CAP
Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial
O Atlético Paranaense estreou com goleada na edição 2018 do Campeonato Brasileiro. E três dos cinco gols marcados pela equipe na noite deste domingo (15), no Caldeirão, tiveram participação direta do lateral-esquerdo Thiago Carleto.
 
“Foi uma noite especial para todos nós jogadores, onde mostramos mais uma vez o poder do nosso grupo”, destacou o jogador, em entrevista coletiva.
 
O Furacão saiu atrás no placar, logo aos dois minutos da segunda etapa. Mas demorou apenas quatro minutos para Carleto acertar um belo cruzamento na cabeça de Pablo, que mandou para o fundo das redes.
 
“Além da reação, foi uma noite feliz individualmente para muitos jogadores que mereciam este momento. O grupo todo está de parabéns. O Fernando Diniz mais uma vez conseguiu impor aquilo que ele nos pede”, exaltou Carleto.
 
E também saiu o primeiro gol dele com a camisa atleticana, justamente com a marca registrada do atleta. Com perfeição, ele cobrou falta para anotar o terceiro gol atleticano.
 
“É uma coisa treinada. Desde o ano passado, tenho procurado treinar algumas coisas. Hoje, graças a Deus, tive duas oportunidades. Tem muita gente que tem mérito nesse gol hoje”, disse.
 
O camisa 28 destaca ainda uma melhora do rendimento da equipe nas próximas rodadas. Segundo ele, a cada dia o elenco consegue assimilar melhor as ideias do treinador rubro-negro.
 
“Todo dia tem que melhorar. É uma maneira diferente de jogar. Na ideia que o professor Diniz tem de jogo, quando o jogador assimila, ele joga futebol. Na tática dele, nós atacamos com dez jogadores e defendemos com dez jogadores. O principal é isso. Sabemos que ainda estamos longe daquilo que ele [Diniz] nos pede, mas temos melhorado bastante”, revelou.
 
Para o próximo confronto, contra o São Paulo, pela Copa do Brasil, o Rubro-Negro deve manter o estilo de jogo. Por mais que jogue com a vantagem do empate, Carleto não vê o Atlético Paranaense mudando sua proposta.
 
“Não vamos mudar nosso estilo de jogar, muito pelo contrário. Não vamos deitar em cima da vantagem. Vamos enfrentar uma grande equipe, mas nosso estilo de jogo não vai mudar por causa da circunstância da partida”, concluiu.