Rocket Fuel

Furacão celebrou o Dia Internacional da Síndrome de Down no jogo contra o Londrina

18/03/2018 - Imprensa CAP
Créditos: Cahuê Miranda/Site Oficial
O Atlético Paranaense celebrou neste domingo (18), na partida contra o Londrina, o Dia Internacional da Síndrome de Down. Para lembrar a data, que é comemorada no dia 21 de março, o Clube convidou Sócios e torcedores atleticanos com Síndrome de Down para entrar em campo com os jogadores e participar da ação de chute a gol no intervalo da partida.
 
Nas arquibancadas, o Furacão também contou com a torcida de membros da Associação Reviver Down, convidados especiais da noite. Com o apoio da FUNCAP, as ações tiveram o objetivo de integrar pessoas com e sem Síndrome de Down.
 
“Temos que mostrar que eles precisam ser totalmente integrados à sociedade”, destacou o segundo secretário do Conselho Deliberativo e um dos responsáveis pela FUNCAP, Roberto Bonnet.
 
Na entrada em campo, os jogadores do Furacão contaram com a companhia de 22 crianças, onze delas com Síndrome de Down. Maria Clara Monteiro Negri foi uma das meninas que esteve ao lado dos atletas. “Gostei muito. Eu entrei em campo com o goleiro Caio, que é muito bonito e joga muito futebol”, disse.
 
O chute a gol do intervalo teve quatro dos oito participantes com Síndrome de Down. Eles contaram com o apoio da torcida e fizeram bonito no gramado. “Foi tudo de bom para mim. Foi muito importante estar aqui no campo, para todas as pessoas com Síndrome de Down, para que não tenham mais preconceito com a gente”, afirmou Victor Hugo Zanin Armacollo.
 
O Dia Internacional da Síndrome de Down é comemorado desde 2006. A data de 21 de março foi escolhida em alusão à trissomia do cromossomo 21 e tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da luta pelos direitos igualitários e a inclusão das pessoas com Down na sociedade.