"Temos que seguir concentrados nos nossos objetivos", destaca Pierre

13/02/2018 - Imprensa CAP
Créditos: Fabio Wosniak/Site Oficial
O grupo atleticano que disputa o Campeonato Paranaense se prepara para mais um duelo na competição. Nesta quarta-feira (14), o Furacão recebe o Foz do Iguaçu, pela sexta rodada da 1ª Taça, às 21h45. O Rubro-Negro já está classificado para a semifinal e com a liderança do Grupo B garantida. Porém, o duelo vale a liderança geral desta primeira fase.
 
Diante do Foz, o técnico Tiago Nunes não poderá contar com o volante Deivid, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Umas das opções do treinador é o volante Pierre. Caso seja o escolhido, o jogador quer manter o bom nível de atuação da equipe atleticana.
 
“Eu me sinto bem. Tenho treinado bastante e tive a oportunidade de entrar em duas partidas. Estou evoluindo bem”, garantiu. “Se o Tiago Nunes optar pela minha presença, estarei pronto e com muita vontade para dar sequência nesse trabalho”, completou.
 
Para Pierre, a boa campanha do Furacão no campeonato é fruto do trabalho no CAT do Caju e da dedicação dos jogadores. “Tudo que a gente vem vivendo no campeonato é por conta do que fazemos no dia a dia. Estamos nos empenhando bastante nos treinamentos e assimilado bem o que o Tiago Nunes nos passa. Isso tem surtido efeito nos jogos”, afirmou.
 
 
Veja também:
> Em busca do primeiro lugar geral, Tiago Nunes espera manutenção do desempenho rubro-negro
 
 
Dos 23 jogadores rubro-negros inscritos no Estadual, Pierre é o mais experiente. Com 36 anos e títulos importantes na carreira, o volante quer ajudar também dentro de campo. “A melhor maneira é se empenhando ao máximo e orientado os meninos que estão fazendo um grande trabalho. Vamos lutar para fazer uma boa apresentação diante do nosso torcedor”, disse.
 
Para terminar com a melhor campanha geral desta fase, o Furacão joga por um empate diante do Foz do Iguaçu, que soma 11 pontos até aqui. Ficar na primeira colocação entre os 12 times garante vantagem de disputar em casa uma eventual final da 1ª Taça.
 
“Temos que entrar com os pés no chão e seguir concentrados nos nossos objetivos, com a mesma concentração e humildade, correndo bastante. Vamos enfrentar um adversário bastante qualificado, líder da outra chave. Mas entraremos com seriedade para chegar com força nas fases seguintes”, concluiu Pierre.