Torcida rubro-negra elege golaço de Jonathan como o “gol do ano” do Rubro-Negro

07/12/2017 - Imprensa CAP

"Tenho certeza que foi o gol mais bonito da minha carreira", destaca o lateral

Créditos: Marco Oliveira/Site Oficial - Arquivo
Dos 81 gols marcados pelo Furacão neste ano, alguns ficarão marcados na memória do torcedor atleticano. Teve a arrancada do Coutinho contra a Universidad Católica, o golaço do Nikão depois de passe de letra, o chutaço do Rossetto diante do Vitória...
 
Mas mesmo marcantes, estes golaços não foram escolhidos pela torcida rubro-negra, no Facebook oficial, como o “gol do ano”. Teve um, em especial, que foi quase unanimidade entre os atleticanos.
 
 
 

 
 
Dia 15 de julho de 2017, Arena Corinthians, em São Paulo (SP). O placar estava fechado, aos 37 minutos do primeiro tempo, quando Jonathan recebeu passe de Otávio pela direita.
 
"Foi acontecendo. O primeiro drible foi com a intenção de fazer aquilo mesmo, de passar a bola debaixo das pernas do lateral do Corinthians. Em seguida, ia fazer o cruzamento. Mas eu fui seguindo com a bola e vi que a pressão dos jogadores do Corinthians era 'de mentira'. Uma pressão que eu vi que dava para continuar seguindo com a bola”, lembrou Jonathan. "Consegui entrar dentro da área, driblar os outros três adversários e concluir bem em gol”, completou.
 
O camisa 2 do Rubro-Negro não tem dúvidas: foi o gol mais bonito da carreira. "Tenho certeza que foi o gol mais bonito da minha carreira. Sabemos que gols assim são raros de acontecer, principalmente para mim, que fico geralmente lá atrás”, destacou. "Ser lembrado dessa maneira é importantíssimo para mim e para a minha carreira”, acrescentou.
 
O gol foi o primeiro de Jonathan pelo Clube [ele marcaria depois novamente contra o Fluminense], diante de um adversário que pouco sofria na competição. "Foi contra um adversário que, naquele momento, não sofria gols há sete rodadas. Poder fazer um gol daquela qualidade me deixou muito emocionado naquele momento, pelo tempo que não fazia e pelo momento que vivíamos, diante de um rival muito difícil”, concluiu o lateral atleticano.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Reveja, abaixo, os melhores momentos daquele jogo e o golaço de Jonathan: