Fabiano Soares avalia duelo diante da Ponte e projeta formação da equipe no Moisés Lucarelli

14/11/2017 - Imprensa CAP
Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial
O Atlético Paranaense segue nesta terça-feira (14) para Campinas (SP), onde enfrenta a Ponte Preta nesta quarta-feira (15), às 17h, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Antes do último treino para a partida, o técnico Fabiano Soares concedeu entrevista coletiva no CAT Alfredo Gottardi e falou sobre o próximo desafio do Furacão.
 
“A Ponte Preta ganhou do Corinthians e jogou bem contra o Coritiba. Vamos jogar em um campo complicado, em que a torcida aperta muito. Eles estão em uma posição difícil e se o jogo não começar bem para eles a torcida pode pressionar e isso nos favorecer”, avaliou.
 
Fabiano Soares confirmou duas ausências entre os relacionados para o jogo. “Infelizmente, ontem [segunda-feira] me deram a notícia que o Nikão não poderá jogar. O Gedoz, igualmente. Teremos praticamente o mesmo grupo que foi ao Rio. Logicamente, iremos trocar alguns atletas para dar mais oxigênio ao time”, afirmou.
 
O técnico atleticano falou também sobre enfrentar a equipe treinada por Eduardo Baptista, seu antecessor no comando do Furacão. “É um ponto positivo para eles o treinador ter passado aqui e conhecer amplamente o nosso plantel. Mas agora estamos jogando com outra ideia. Eles sabem como jogamos, mas nós também sabemos como eles jogam”, disse.
 
Fabiano Soares ressaltou que a partida contra a Ponte Preta é mais uma etapa em busca de uma vaga na Libertadores 2018. “Nossa meta é dar o máximo em cada jogo, tentar ganhar os últimos quatro [jogos] e, no final, fazer o balanço de onde chegamos. Se conseguirmos, estaremos lá em cima e será uma boa campanha”, concluiu.