Mundial Sub-17: Atleticanos projetam último compromisso da primeira fase

12/10/2017 - Imprensa CAP
Créditos: Mike Hewitt/FIFA

A Seleção Brasileira Sub-17 disputa, nesta sexta-feira (13), a última partida na primeira fase da Copa do Mundo da categoria. Já classificada para as oitavas de final, a equipe comandada pelo técnico Carlos Amadeu encara Níger, às 11h30 [horário de Brasília], em Goa, na Índia.

 

O local traz boas recordações para o zagueiro Lucas Halter e o meia Marcos Bahia, representantes do Atlético Paranaense na competição. Em 2016, a dupla conquistou a BRICS Cup, disputada entre os países do bloco [África do Sul, China, Rússia, Brasil e Índia].

 

"Traz boas lembranças e é bom retornar", afirmou Halter. “Estou muito feliz em voltar novamente ao estádio que consegui meu primeiro título com a Seleção", acrescentou Bahia.

 

O defensor comemorou a classificação antecipada para a próxima fase, após vitórias contra Espanha e Coreia do Norte. "A importância é grande, mas não podemos nos acomodar", frisou. "Esperamos a equipe deles [Níger] 'agressiva'. Com chances de classificação, vão dar o máximo", avaliou.

 

Para o meia Marcos Bahia, o Brasil precisa ter o domínio do jogo. "É uma equipe que precisa da vitória para classificar. Então, temos que ter o maior cuidado e procurar ter o controle do jogo", ressaltou o meia, que também comemorou a classificação. "Dá tranquilidade. Mas vamos entrar em campo com a mesma concentração dos jogos anteriores", concluiu Bahia.

 

 

 

Confira a classificação do Grupo D da Copa do Mundo Sub-17:

 

1) Brasil: 6 pontos | 2 jogos | Saldo 3

 

2) Espanha: 3 pontos | 2 jogos | Saldo 3

 

3) Níger: 3 pontos | 2 jogos | Saldo -3

 

4) Coreia do Norte: 0 pontos | 2 jogos | Saldo -3